Você sabe o que é um Dog Walker? - Guaipeka
Home / Cuidados com seu Guaipeka / Você sabe o que é um Dog Walker?

Você sabe o que é um Dog Walker?

dog walker

O Cenário para um Dog Walker

Imagine o seguinte cenário, você tem uma vida profissional/pessoal agitada, onde os espaços de tempo disponíveis são extremamente escassos.

Além disso, o pouco tempo disponível que você tem, já está dividido e comprometido entre estudos, família, amigos, etc …

Dessa forma, no caso de você possuir um cachorro, o tempo dedicado ao seu amigo e as suas necessidades, pode ficar severamente comprometido e limitado, é aí que entra o Dog Walker.

A figura do Dog Walker tem origem nas grandes cidades dos Estados Unidos e na Europa, exatamente pela rotina diária pesada nesses lugares.

Outro aspecto que foi decisivo para o surgimento e consolidação da profissão nesses lugares, foi a expansão na quantidade de apartamentos nessas metrópoles.

Pode parecer bobagem, pois os apartamentos em sua grande maioria, possuem um espaço limitado para os guaipekas de se exercitarem.

Muitas vezes não imaginamos como os cachorros são afetados pela ausência do seu dono, podendo provocar distúrbios em seu comportamento.

Esses distúrbios podem refletir na saúde deles, inclusive podendo causar até mesmo depressão.

Muito menos imaginamos como a falta de exercício físico adequado, pode ser nociva para a vida do nosso guaipeka, sendo assim, a presença do dog walker é ainda mais importante.

Além dele ser um aliado seu na luta pela qualidade de vida para o seu amigão, ele se trata de um profissional completo e compromissado com o bem-estar do seu cachorro.

 

dog walker

O que faz um Dog Walker?

Em uma tradução livre, o termo Dog Walker, significa “passeador de cães”, mas a verdade é que esse profissional faz muito mais do que levar seu cachorro para passear!

O Dog Walker também tem a função (não obrigatoriamente, mas é muito interessante) de auxiliar aquele cachorro a se socializar com outros cães.

E dessa forma, inserir comandos básicos visando a educação desse cachorro e até mesmo controle de agressividade.

Apesar de toda a importância das atividades exercidas pelo Dog Walker,  sabemos que ainda não existe uma regulamentação profissional.

Mesmo assim  existe muito a ser conquistado pela classe, apesar do seu enorme crescimento nas capitais brasileiras !

Mas mesmo com a ausência de regulamentação adequada para a profissão, não existem motivos para que a pessoa que decida seguir esse caminho, não se capacite para exercê-la da melhor maneira possível !

 

dogwalker 2

O que devo fazer para ser um Dog Walker ?

Como já foi dito anteriormente, a profissão não possui regulamentação, porém, não quer dizer que você possa se tornar um Dog Walker de qualquer jeito, MUITO PELO CONTRÁRIO !!!

A pessoa que deseja ingressar nesse mundo, precisa entender que é uma profissão que requer muita responsabilidade, pois você estará lidando com um membro da família de muitas pessoas !

O cachorro é considerado um membro da família de muita gente e dessa forma, a pessoa que decidir ser Dog Walker precisa levar isso em consideração e ter muita responsabilidade.

Mas o que EXATAMENTE deve fazer um Dog Walker Profissional? Acompanhe a lista abaixo:

O conhecimento do Dog Walker sobre as raças de cães de maneira abrangente é muito importante e faz muita diferença!

A diferença se dá pois determinadas raças tem mais dificuldades de socialização do que as outras, sendo assim, manter dois cães de raças mais agressivas juntos, pode ser a receita para grandes problemas para o Dog Walker.

2) O Dog Walker precisa conhecer bem os seus clientes (cães) e para isso uma entrevista com o dono extremamente minusciosa é praticamente obrigatória.

Você precisa saber do histórico do cachorro, referente a agressividade, alimentação, saúde (atenção redobrada a medicamentos, alergias e possíveis restrições físicas).

3) O profissional precisa estar atento ao recolhimento dos dejetos deixados pelos cães, evitando assim, problemas para si, relacionados a estar sujando via pública.

4) O Dog Walker jamais deve usar de violência para controlar o cachorro em alguma situação extraordinária, como brigas com outros cães por exemplo.

Nesses casos um curso relacionado a adestramento e comportamento caninos vai lhe trazer muitos benefícios.

Uma simples mudança de postura, pode ser o fator decisivo para que o Dog Walker reassuma o controle em uma situação inusitada, relembrando mais uma vez, SEM O USO DE VIOLÊNCIA de tipo algum.

5) Algumas coisas que a maioria dos profissionais deixa de lado, é a questão do aspecto profissional.

Pode parecer redundante, mas o aspecto profissional muitas vezes é negligenciado, pois alguns profissionais não estabelecem um contrato formal para contratação do serviço.

Essa prática estabelece suas responsabilidades e direitos, para que não hajam situações desagradáveis e desavenças desnecessárias !

6) O último tópico e na minha opinião, o mais importante, é o fato de que a pessoa que decidir ingressar nessa profissão, deve ter o mais profundo amor e respeito aos animais, pois, para que o profissional tenha êxito nesse trabalho, é preciso uma ligação forte e verdadeira com os cães e consequentemente, assim o Dog Walker ganhará a confiança e o amor dos cachorros.

 

Veja também

Começando o adestramento em casa

  Como iniciar o adestramento do meu cachorro ? Adestramento: Acredito que todas as pessoas ...

Deixe uma resposta