Tártaro: Como Prevenir e Combater? Leia e Entenda! - Guaipeka
Home / Higiene do seu Guaipeka / Tártaro: Como Prevenir e Combater? Leia e Entenda!

Tártaro: Como Prevenir e Combater? Leia e Entenda!

 

Assim como nos seres humanos, o tártaro nada mais é do que uma película de bactérias pegajosas, que se formam em torno dos dentes, ao longo da margem da gengiva(gengival).

Ainda que seu guaipeka se alimente exclusivamente de “alimentos secos” como biscoitos, ração, etc …

Saiba, que essa lista e muitos outros, deixam vestígios nos dentes do seu amigo e por usa vez, esses vestígios de alimentam formam o ambiente necessário para o desenvolvimento do tártaro.

O tártaro é frequentemente tratado pela maioria dos donos, como algo sem importância, porém vale muito a pena lembrar que tártaro pode ser a porta de entrada para outros problemas que poderão afetar seu cachorro.

Podemos citar aqui alguns dos problemas que em virtude do aparecimento sem o devido cuidado como a perda dentária precoce, problemas renais, infecções bucais e até mesmo infecções no coração que podem levar seu amigo a óbito !

Como Detectar ?

como detectar o tártaro

Uma das características mais marcantes para detectar o aparecimento do tártaro, são as famosas manchas (crostas) amareladas ou marrons que são o resultado do acúmulo das bactérias citadas anteriormente.

Além disso podemos citar aqui alguns dos problemas mais recorrentes no caso do aparecimento do tártaro no seu guaipeka:

Halitose: A halitose ou mais comumente chamada de mau hálito, é um problema que resulta exatamente do acúmulo das bactérias entre os dentes e a gengiva do seu cachorro.

Essas bactérias liberam algumas substâncias que com o tempo exalam um odor desagradável.

Em alguns casos não é preciso nem mesmo se aproximar do cachorro para sentir, tudo depende do tempo que o problema vem ocorrendo e tipo de alimentação que o cachorro recebe, etc…

É preciso consultar um veterinário para que ele possa fazer uma avaliação sobre qual processo deverá ser adotado para resolver esse problema.

Gengivite: A famosa gengivite é uma infecção que deixa as gengivas vermelhas e inchadas do seu guaipeka.

Além de ficarem bastante inflamadas, causando uma retração na gengiva que por sua vez deixa a raiz do dente exposta, podendo no futuro, devido a solidificação do dente com a mandíbula, causar uma perda dentária precoce em seu guaipeka.

Como Prevenir o Tártaro?

Estágios da periodontite.

A prevenção do tártaro e dos problemas que ele pode ocasionar ao seu cachorro é de fácil aplicação.

Trata-se apenas de uma combinação simples e que é extremamente negligenciada pelos donos em geral.

Basta ter um cuidado com a escovação dos dentes do seu cachorro e uma visita regular ao veterinário para ver como está a saúde bucal (bem como outros aspectos que compõe a saúde como um todo).

A escovação dos dentes do seu guaipeka é fundamental e o pilar de sustentação, que vai manter a boca do seu amigo saudável.

Entenda que o hábito de escovar os dentes do seu cachorro é algo que vai trazer muitos benefícios a longo prazo e que pode ser o diferencial para evitar problemas mais graves.

Sabemos que o hábito de escovar os dentes pode ser algo complicado de ser colocado em prática, devido a diversos fatores.

Para citar alguns como por exemplo, a agitação do cachorro, seu temperamento, a paciência do dono, etc …

Escove os Dentes para Retirar o Tártaro!

Acostumando seu Guaipeka a Escovar os Dentes.

Como já sabemos, o ideal é acostumar seu cachorro desde filhote ao hábito de efetuar a higiene dental, pois quando filhotes, eles tem uma aceitação mais fácil e simples a novos hábitos do que quando eles atingem a idade adulta.

Porém se quando o seu amigo era filhote, você não fez essa adaptação por um motivo ou por outro, não se desespere, pois para a maioria das coisas na vida existe uma solução.

Seguem abaixo uma lista exemplificando o que você poderá fazer com seu cachorro para tornar a aquisição desse novo hábito algo mais tranquilo e menos trabalhoso:

Brinquedos para o seu guaipeka que previnem o tártaro !

# Dê a seu amigo brinquedos para mastigar, pois eles vão preparando a gengiva para o ato da escovação;

#Massageie a gengiva do seu guaipeka com uma gaze e soro, pelo mesmo motivo do brinquedo;

#Escove em intervalos para ir gradativamente acostumando seu cachorro ao novo hábito;

#Tenha paciência e perseverança;

#Utilize pastas de dente adequadas para o seu cachorro (NUNCA utilize produtos para humanos, pois o flúor e outras substâncias são altamente perigosas para eles!);

#Depois de acostumar o seu cachorro com a escovação com a gaze esterilizada envolvida no dedo.

Vá gradativamente inserindo/substituindo- a pela escova de dentes, pois o seu resultado é muito mais eficaz do que a escovação com o dedo.

Últimas Orientações

O veterinário e seu guaipeka!

Lembramos sempre de que uma consulta com o veterinário é imprescindível e insubstituível, pois o mesmo trata-se de um profissional habilitado a lidar com qualquer tipo de problema e saberá orientar você a encontrar a melhor solução para o mesmo !

Veja também

Filhote: 8 lições para cuidar do seu filhote – Continuação

C) Primeiros Comandos É importante respeitar a cronologia indicada para a aprendizagem dessas três ordens ...

Deixe uma resposta